/Abertura da SACI conta com palestra de Roberto Cabrini

Abertura da SACI conta com palestra de Roberto Cabrini

Por Laura Castro e Erick Quirino – 04/11/2019

O jornalista Roberto Cabrini, atual apresentador e editor-chefe do programa Conexão Repórter, no SBT, foi à Universidade Anhembi Morumbi para falar aos alunos sobre sua trajetória no jornalismo investigativo, na palestra de abertura da SACI – Semana Anhembi de Comunicação e Imagem. O encontro ocorreu no câmpus Moóca, na manhã de segunda-feira, 04 de novembro.

A palestra faz parte da turnê de lançamento do livro No Rastro da Notícia, em que Cabrini narra os episódios mais importantes de sua carreira, contando o passo a passo de reportagens marcantes.

Cabrini aproveitou suas experiências para dar conselhos e responder às principais dúvidas dos jornalistas em formação. Fotos: Lucas Campelo.

Dos veículos independentes aos grandes prêmios

Cabrini é considerado uma das grandes referências do jornalismo investigativo brasileiro – ganhou os principais prêmios de jornalismo, como o Esso, Comunique-se e Libero Badaró, e cobriu seis guerras, em países como Afeganistão, Palestina e Caxemira. Sua trajetória, porém, começou aos 16 anos, no pequeno programa de rádio Vozes de Piracicaba.
Ao relembrar as origens, Cabrini incentivou os alunos a abraçarem as oportunidades dos veículos independentes, explicando que são uma grande escola para quem está começando.

Ao longo da palestra, também destacou a capacidade e o dever do repórter de transformar a sociedade. “Antes de pensar em mudar o mundo, pensem em mudar a esquina da comunidade onde vocês vivem”. O jornalista ressaltou a importância da humildade, honestidade e, acima de tudo, compromisso: “Essa profissão é um sacerdócio, ela exige dedicação. Ela nos traz uma gratificação sem precedentes, mas somente por meio de renúncia e dedicação”, aconselhou.

“O jornalismo é a arte de resistir’’

Para Cabrini, além de resistir à ditadura das redações, o jornalista ainda precisa vencer certas tendências, como a tecnologia, com as polêmicas fake news que, segundo ele, até valorizam o bom jornalista, diferenciando os fatos reais dos manipulados.

Adentrando no assunto das grandes reportagens, ele caminhou por seus conceitos e experiências, dizendo que um ponto muito importante é sair da chamada ‘’vala comum dos jornalistas’’ e encontrar um tema de razão social, sendo necessária muita sensibilidade, como ele alega ter.

Também explicou aos alunos como se tornar bom nesta profissão: ‘”O bom jornalista dá voz a quem não tem, se preocupa em mostrar os diversos pontos de vista’’, orientou. Ele ainda comentou sobre as ameaças e intimidações que um jornalista investigativo facilmente pode receber, além de ser bastante submetido a aprovações.

Deixou uma mensagem valiosa ao público de sua palestra, expressando o quanto é importante o profissional da área ser bem-humorado e se divertir no curso da profissão, pois “um jornalista, é jornalista 24 horas por dia”.

Por fim, tranquilizou seus futuros colegas de profissão em relação à crise no jornalismo dizendo que nunca faltará um lugar para o bom jornalista: ‘’Sempre haverá a necessidade de se contar uma boa história’’, finalizou.

Após a palestra, o jornalista concedeu sessão de autógrafos e mostrou-se solícito à tietagem dos alunos. Fotos: Lucas Campelo (esq.) e Paloma Ribeiro (dir.).

******

A SACI – Semana Anhembi de Comunicação e Imagem é uma iniciativa dos cursos de Jornalismo, Produção Editorial e Relações Públicas com o intuito de aproximar os alunos dos profissionais e temas mais importantes de cada área. A primeira edição do evento ocorreu entre os dias 4 e 8 de novembro nos campi Mooca, Paulista I e Vila Olímpia.