Os “zines” são publicações independentes que tiveram origem nos Estados Unidos, nos anos 1930, com temas relacionados ao universo da ficção científica. Mas foi nos 1970 e 1980, com o auge do punk rock britânico que os zines se popularizaram e tornaram-se instrumento do movimento contracultura e dos punks como forma de divulgar suas ideias sem nenhuma censura.

Nos anos 1990 foi a maior forma de espalhar as novas bandas do grunge e difundir o trabalho de quem não tinha muito capital para se mostrar no mercado, como ilustradores e desenhistas de quadrinhos. Também se tornou instrumento fundamental para os fã-clubes divulgarem novidades dos artistas.​

Já no Brasil, o primeiro fanzine foi O Cobra, parte do “Órgão Interno da 1 Convenção Brasileira de Ficção Científica”, realizada em São Paulo no ano de 1965.

 

Por: Barbara Godoy, Felipe Henrique Lima, Jessica Parolin, Renata Aloise

Orientação: Prof. Bernardo Queiroz